• Jucelma Pereira

CONHEÇA SUA CANÇÃO PSICOLÓGICA

Descubra uma canção que pode estar arrasando sua vida e saiba como se proteger de seus efeitos hipnóticos… Conheça sua canção psicológica!

Poucas pessoas estão dispostas a suportar um mau cantor. Não basta aqueles que cantam desafinadamente, ainda há os que praticam a infâmia de segurar os seus ouvintes para além do que seria razoável. Às vezes, não podemos evitar de nos perguntar como pode o tal cantor não se dar conta do triste e aborrecedor papel que está fazendo. O mais irônico é que às vezes todos ao redor estão francamente horrorizados, e só o cantor se encontra enamorado da própria voz.


Mas o que é a tal Canção Psicológica?


Na Psicologia Gnóstica esse é um tema bastante delicado. Todos conhecemos alguma pessoa que vive do passado. Suas conversas, em geral, gravitam em torno de uma preocupação central: o seu caderninho de dívidas psicológicas. Neste bloquinho mental, a pessoa guarda todos que lhe devem. Ali, consta o registro das dívidas que o pai, a

mãe, o irmão, o filho, o amigo, o patrão, o governo, a sociedade e até a própria vida.



Essas reclamações diárias geram mais dor ao “cantor”. As canções psicológicas, por vezes, são realmente complexas. Possuem introdução, verso, refrão, coro, etc. Além disso, pode acontecer de articularem-se em um único solo improvisado.


Então, uma conversa, digamos, sobre o clima, pode voar pelas indignações políticas da pessoa e acabar no desgosto que a vizinha invejosa lhe causa. Isto é possível, é claro, às custas de muito treino, muito ensaio. Pois, não se contentando em cantar tanto para os outros, o mau cantor vive a cantar para si mesmo, recluso no aposento solitário de sua mente…


Via: Gnosis Brasil

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo